14 de mar de 2013

Vamos parar para contemplar

O maestro, compositor e amante dos pássaros e da natureza não poderia deixar de estar presente nesta Cabana. Antônio Carlos Jobim sempre foi uma inspiração. Com seu jeito de falar, de explicar suas músicas -às vezes mais do que elas próprias-, sempre me ajudou a direcionar o olhar para as coisas mais belas e singelas da vida. Uma flor, o voo de um casal de tucanos entre as árvores, um cheiro de café, uma casa em harmonia. Nessa vida que queremos tudo ao mesmo tempo, Jobim me ensinou que é preciso parar e contemplar.

"Toda minha obra é inspirada na Mata Atlântica" - Tom Jobim

E como hoje ainda é março e aqui em São Paulo está com essa cara de outono, um pouco da deliciosa Águas de Março, na versão original de 1972 [a música está no Instituto Jobim, que acaba de colocar 9 mil obras do maestro na web].


Nenhum comentário: